ch-ch-changes

Estamos perto de completar 7 meses aqui na Inglaterra. Mês que vem bato a marca recorde de tempo sem voltar pra casa: 8 meses, quando fui pro Japão e pro Canadá entre 2005 e 2006. Mas dessa vez é o maior tempo que eu passo no mesmo lugar.

Acho que a parte mais chata já passou, que foi estar longe de casa no Natal. Mas ultimamente as coisas ganharam mais cara de rotina e de “same old same old“, o que começa  incomodar um pouco.

Eu sabia que sentiria falta de algumas coisas sim quando viesse pra cá, e tem dias que é mais difícil estar longe do que outros. Tem dia que o frio incomoda, que a chuva aporrinha, que a falta de sabor na comida enlouquece… E isso tudo é em comparação ao que poderia estar sendo se eu não tivesse saído da zona de conforto.

Acho que o que mais marcou essa semana que passou foi a quantidade de comentário que recebi por me vestir “diferente”. No dia a dia estou sempre de calça jeans, camiseta e blusa. Sempre. Mas outro dia o tempo tava bom, ensolarado, e eu só teria a reunião da casa, então resolvi tirar meu vestido de inverno do armário.

A photo posted by Vy ♥ (@ginnymoon) on

Todo mundo da casa comentou. E eu com aquela cara de “uéeeee”. Já sai com esse vestido um monte de vezes. No Brasil. Quem me conhece nem teria reparado muito (uns amigos ai com certeza ainda falariam que é a minha “fantasia” do dia). E ai fiquei pensando que eu sinto falta disso. De ser eu. Nem minha bagagem me permite ser eu 100%. Em parte eu sinto sim falta do estilo de vida que eu tinha em SP. Eu não gostava do trabalho que eu tinha que fazer pra ter dinheiro pra isso, mas poder vestir aquilo que eu gosto de verdade e encontrar pessoas que me entendem, disso eu tenho muita saudades.

Porém, como lembro meu colega filipino, a gente ainda tem mais outros 4 meses por aqui, então ou eu me contento com isso, ou vou embora. E eu acho que eu ainda tenho o que contribuir no trabalho. O trabalho, em si, é a melhor parte, na verdade. O time da minha casa é fantástico e em parte a gente se diverte nos turnos.

Alias, outro dia tive a oportunidade de conhecer outro lugar novo com os alunos. Swanage, uma cidade costeira aqui perto. O dia amanheceu super enevoado, mas eu tinha esperanças de que a nevoa se dissiparia e traria um dia bem bonito. Bom, talvez em Ringwood esse tenha sido o caso. Em Swanage, onde chegamos perto do horário do almoço, a névoa durou um bom tempo. A parte legal é que o Corfe Castle, na entrada da cidade, parecia cenário de filme. Apesar do tempo estranho, a praia até que tava bem cheia.

A photo posted by Vy ♥ (@ginnymoon) on

O N. não gostou muito, passou o tempo todo falando que era uma “old smelly beach“, hahaha! Mas gostou da parada do almoço que foi num fish’n’chips local bem famoso (pela quantidade de gente).

No trabalho, deixamos de ter 6 alunos do dia no almoço, que foram realocados pra uma “day house“. A gente tinha 17 alunos, mais todo o staff necessário pra dar suporte pra tanta gente, e agora temos só 11 alunos. Deixamos de ter 10 pessoas pelo menos durante o almoço, o que mudou radicalmente a rotina do dia. Quando eu chego, o lugar tá bem mais calmo, e os alunos tem mais tempo e espaço pra se dedicarem aos seus hobbies.

Porém algumas pessoas do staff se foram ou estão indo também e isso as vezes é meio triste. Dentro da minha vida de voluntária, essas pessoas estão em grande parte da minha vida e é como se uma parte desse ciclo estivesse chegando ao fim com cada partida. Sei que é o melhor pra essas pessoas, mas eu não consigo deixar de achar que os dias vão perder um pouco da graça sem elas.

Mas a gente continua a nadar por enquanto, né? Até porque semana que vem já é half term DE NOVO (SIM SENHOR!) e eu já tô com minha grande viagem comprada. PARIS, JE ME VAIS ALLER A TOIS =P

6 comments
  1. Aeeee Paris finalmente! Come um macaron por mim!
    Você não pensa em renovar seu programa e ficar mais um ano? Talvez a coisa chata seja justamente essa sensação de ser algo temporário né, de estar aí, mas ao mesmo tempo ainda estar ligada com as coisas aqui… Eu só sei que a cada dia que passa eu tenho mais vontade de ir embora também, mas definitivamente. Só preciso elaborar um bom plano pra isso.

    1. O que mais pega pra mim aqui é o estilo de vida. Eu não aguento mais outro ano de voluntariado aqui, eu queria que pelo menos a cidade fosse legal!

      1. Então vc tem 4 meses pra achar um programa parecido em Londres! rsrs

        1. hahaha, foda é sobreviver em londres com tão pouco dinheiro…

  2. As coisas quando começam a cair na rotina ficam meio chatinhas né? E gente, eles falam desse vestido ai? Tão fofo ele <3

    Morro de vontade de conhecer Paris, quero ir esse ano ainda =) E kd vez mais to afim de fazer voluntariado, só por ler seus relatos!

    1. Nossa, acharam que eu tava super arrumada, um disse até que eu tava vestida pra “um casamento ou algo assim” o.O

      O trabalho em si é super recompensador, sabe, mas tem umas coisas incomodando que eu devo contar daqui uns posts.

      Mal posso esperar pra chegar em Paris <3

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *