tirando a poeira

Sei que andei meio sumida daqui, mas tive uma pequena crise existencial bloguística e simplesmente não rolou inspiração pra vir aqui postar. Depois de pensar bastante, acho que já sei que rumo quero dar a este domínio, e espero conseguir criar o conteúdo com fluidez suficiente para não sumir de novo daqui. Aguardem, que vem

o tempo não para mesmo

Nossa, já tem mais de 1 mês que voltei ao Brasil e não sei o que pensar. Parece que foi há tanto tempo, mas ao mesmo tempo parece que foi ontem! Como eu falei, se eu pudesse ter voltado pra Inglaterra depois do nascimento do meu sobrinho, eu teria voltado sim. Sinto falta do trabalho

london, we meet again, at long last!

Fui embora do camp hill no fim de uma quinta feira. Era dia de reunião na casa, meu último dia oficial de trabalho. Participei sim, porque sou dessas. E o pessoal armou algumas surpresinhas. Chamaram todo mundo, inclusive os alunos, pra uma foto coletiva. É muito raro eles fazerem isso porque tem todo uma política

new beginnings

Quem passa por aqui com mais frequência deve ter notado uma pequena diferença no layout do blog. Estou me preparando pra nova fase dele. Não se preocupem, ainda tenho alguns posts sobre as últimas semanas na Europa, que vou postar nas próximas semanas. Mas quando esse assunto acabar, vou começar a postar sobre as outras

see you, great britain!

Então eu resolvi ir embora do voluntariado. Claro que muita gente perguntou porque, e eu vou explicar. Eu passei 4 meses trabalhando praticamente sem "folga". Claro que eu tive folga, mas não teve break pra mim nem nada. Cansa, viu? Tava meio de saco cheio de tudo. Mas ai vinha as férias de Páscoa e

8 de março

Como sabem, a Sheiling é uma comunidade afastada da cidade. Quer dizer, parece uma grande chácara na beira da estrada e pra chegar na cidade mais perto, temos que caminhar uns 30 minutos. Existe 2 caminhos que podemos fazer: pela estrada (calma, tem calçada!) ou pela floresta. Ambos os caminhos são vazios, porém pela estrada,

adeus ano velho…

Ops, eu falei que voltava depois do natal, né? Não falei quando, então acho que ainda tá válido, né? Hehehe... A parte chata de passar as festas de final de ano em outro país é passar longe da família e dos amigos... E sem as ceias maravilhosas da tia!!! Eu ainda vou preparar os posts

to be or not to be… ?

Eu sabia desde antes de eu chegar aqui que os europeus em geral tem uma relação diferente com as origens das pessoas. Mais do que nascer em um lugar, você carrega a cultura do lugar onde seus genes se originaram. É assim que eles te classificam: se você tem ancestrais chineses, não importa onde você